BOSWELLIA - Fitoterapia

Anonim

fitoterapia

fitoterapia

Fitoterapia: plantas de A a Z

Leia as descrições das plantas ALOE ALTEA ABACAXI ANGELICA anis chinês VERDE DO DIABO CLAW (Harpagophytum) bardana Biancospino BOSWELLIA MARIGOLD camomilla Carciofo cardo de leite CASCARA CENTELLA cimicifuga TURMERIC EQUINÁCEA ELEUTHEROCOCCUS Elicriso ENOTERA ESCHOLTZIA EUCALIPTO EUGENIA CARYOPHILLATA (CLOVE) FICO Fennel Frangula FUCO (ALGA BRUNA MARINA) GARCINIA GENZIANA GIMNEMA GINkgO GINSENG GLUCOMANNAN GRINDELIA GUARANÀ HIPERICINA CAVALO CASTANHO LIQUORICE MALVA MANNA MELALEUCA (ÓLEO DE ÁRVORE DE CHÁ) MELISSA BLUEBERRY BLUEBERRY BLUEBERRY AMERICAN RED CRYCNAUS TUSCANA PRINCIPAL
  • Leia as folhas de dados da planta
  • ALOE
  • ALTEA
  • ABACAXI
  • ANGELICA CHINESA
  • ANIS VERDE
  • GARRA DO DIABO (ARPAGOFITO)
  • bardana
  • HAWTHORN
  • BOSWELLIA
    • Planta e uso tradicional
    • eficácia
    • Uso seguro
    • Dicas e recomendações
  • MARIGOLD
  • camomilla
  • ARTICHOKE
  • CARDO MARIANO
  • CASCARA
  • CENTELLA
  • Cimicifuga
  • TURMERIC
  • EQUINÁCEA
  • ELEUTHEROCOCCUS
  • Elicriso
  • Prímula
  • ESCHOLTZIA
  • EUCALIPTO
  • EUGENIA CARYOPHILLATA (PREGOS DE CRAVO)
  • FICO
  • FENNEL
  • espinheiro
  • FUCO (ALGA BRUNA MARINA)
  • GARCINIA
  • GENZIANA
  • Gymnema
  • ginkgo
  • GINSENG
  • GLUCOMANNANO
  • grindelia
  • GUARANA
  • IPERICO
  • CASTANHA
  • Liquirizia
  • MALLOW
  • MANÁ
  • MELALEUCA (ÓLEO DE ÁRVORE DE CHÁ)
  • MELISSA
  • BLACK BLUEBERRY
  • AMERICANA VERMELHA (AMENDOIM)
  • PAIXÃO
  • PROPOLI
  • psyllium
  • RIBES
  • SALGUEIRO
  • SENNA
  • serenoa
  • SOJA
  • tanásia
  • CHÁ VERDE
  • LIME
  • TIMO
  • Uncaria
  • URSINA UVAS
  • VALERIANA
  • GINGER

BOSWELLIA

Voltar ao menu


Planta e uso tradicional

Boswellia pertence à família Bursuraceae. Tradicionalmente, na medicina indiana, a resina gomosa que sai após o corte da casca é usada para fins anti-inflamatórios e analgésicos; plantas da mesma família são usadas para fins medicinais em todo o continente africano.

Boswellia também é usado no tratamento de osteoartrite e dor nas articulações, e também no tratamento de colite ulcerosa, asma, dor de cabeça, dor menstrual e várias outras doenças.

Voltar ao menu


eficácia

O conhecimento preliminar decorrente de estudos científicos em humanos confirma que a boswellia melhora a dor e a dificuldade de movimentação de pacientes com artrose e artrite; resultados promissores também foram obtidos em pacientes asmáticos, tanto em termos de distúrbios subjetivos quanto em testes da função respiratória. O tratamento à base de extratos de boswellia também mostrou efeitos favoráveis ​​no tratamento da colite ulcerosa. No entanto, o conhecimento disponível no momento não é suficiente para recomendar o uso da boswellia como terapia autônoma em qualquer uma dessas patologias.

Voltar ao menu


Uso seguro

Os efeitos colaterais são leves e pouco frequentes (azia e dor de estômago, náusea). Não há interações conhecidas com outros medicamentos.

Voltar ao menu


Dicas e recomendações

Boswellia pode ser considerado como uma espécie de "anti-inflamatório natural" e pode ser usado como adjuvante no tratamento de dores de artrose e artrite, colite ulcerativa e asma, sempre naturalmente mediante indicação do médico assistente ou centro especializado que segue o doente; também pode ser usado no tratamento de inflamação do trato respiratório superior, em estados febris e dolorosos, em dismenorreia e dor de cabeça.

As doses recomendadas são 300 mg três vezes ao dia de um produto contendo extrato seco de boswellia, titulado a pelo menos 4% em ácidos boswellic.

Voltar ao menu