THYME - Fitoterapia

Anonim

fitoterapia

fitoterapia

Fitoterapia: plantas de A a Z

Leia as descrições das plantas ALOE ALTEA ABACAXI ANGELICA anis chinês VERDE DO DIABO CLAW (Harpagophytum) bardana Biancospino BOSWELLIA MARIGOLD camomilla Carciofo cardo de leite CASCARA CENTELLA cimicifuga TURMERIC EQUINÁCEA ELEUTHEROCOCCUS Elicriso ENOTERA ESCHOLTZIA EUCALIPTO EUGENIA CARYOPHILLATA (CLOVE) FICO Fennel Frangula FUCO (ALGA BRUNA MARINA) GARCINIA GENZIANA GIMNEMA GINkgO GINSENG GLUCOMANNAN GRINDELIA GUARANÀ HIPERICINA CAVALO CASTANHO LIQUORICE MALVA MANNA MELALEUCA (ÓLEO DE ÁRVORE DE CHÁ) MELISSA BLUEBERRY BLUEBERRY BLUEBERRY AMERICAN RED CRYCNAUS TUSCANA PRINCIPAL
  • Leia as folhas de dados da planta
  • ALOE
  • ALTEA
  • ABACAXI
  • ANGELICA CHINESA
  • ANIS VERDE
  • GARRA DO DIABO (ARPAGOFITO)
  • bardana
  • HAWTHORN
  • BOSWELLIA
  • MARIGOLD
  • camomilla
  • ARTICHOKE
  • CARDO MARIANO
  • CASCARA
  • CENTELLA
  • Cimicifuga
  • TURMERIC
  • EQUINÁCEA
  • ELEUTHEROCOCCUS
  • Elicriso
  • Prímula
  • ESCHOLTZIA
  • EUCALIPTO
  • EUGENIA CARYOPHILLATA (PREGOS DE CRAVO)
  • FICO
  • FENNEL
  • espinheiro
  • FUCO (ALGA BRUNA MARINA)
  • GARCINIA
  • GENZIANA
  • Gymnema
  • ginkgo
  • GINSENG
  • GLUCOMANNANO
  • grindelia
  • GUARANA
  • IPERICO
  • CASTANHA
  • Liquirizia
  • MALLOW
  • MANÁ
  • MELALEUCA (ÓLEO DE ÁRVORE DE CHÁ)
  • MELISSA
  • BLACK BLUEBERRY
  • AMERICANA VERMELHA (AMENDOIM)
  • PAIXÃO
  • PROPOLI
  • psyllium
  • RIBES
  • SALGUEIRO
  • SENNA
  • serenoa
  • SOJA
  • tanásia
  • CHÁ VERDE
  • LIME
  • TIMO
    • Planta e uso tradicional
    • eficácia
    • Uso seguro
    • Dicas e recomendações
  • Uncaria
  • URSINA UVAS
  • VALERIANA
  • GINGER

TIMO

Voltar ao menu


Planta e uso tradicional

O tomilho pertence à família Lamiacee: as folhas e os topos floridos da planta são tradicionalmente usados ​​para tratar bronquite, tosse convulsa, dor de garganta e também cólicas, dores reumáticas, gastrite e flatulência intestinal.

O tomilho também é utilizado, para aplicação local, no tratamento de doenças de pele, estomatite e halitose; seu uso como aromatizante na culinária é certamente mais conhecido.

Voltar ao menu


eficácia

Não há evidências científicas da eficácia terapêutica da planta em nenhum de seus usos tradicionais.

Voltar ao menu


Uso seguro

O tomilho está presente nas monografias da OMS e ESCOP e na Farmacopeia Europeia. Não causa efeitos notáveis, no entanto, quem sofre de alergias a Lamiaceae deve tomá-lo com cautela, buscando primeiro o aconselhamento do médico assistente.

Não existem estudos clínicos que confirmem sua segurança no uso durante a gravidez, amamentação e em crianças e, por esse motivo, recomenda-se usá-lo com prudência e somente mediante receita médica, mesmo que seja apropriado apontar como o uso e a disseminação generalizados prolongado no tempo do timo nunca destacou possíveis situações de perigo para a saúde.

Voltar ao menu


Dicas e recomendações

Para o timo, não existem dados precisos sobre as doses corretas a serem tomadas para fins medicinais, portanto, não é possível indicar uma dose.

No uso tradicional, a planta é geralmente tomada na forma de uma infusão ou chá de ervas, para doenças infecciosas do trato respiratório superior e infecções da cavidade oral, ou na forma de cremes para micoses superficiais da pele.

Voltar ao menu