A necessidade de descansar - Ajudando um membro da família

Anonim

Ajudando um membro da família

Ajudando um membro da família

Descanse e durma

A necessidade de descansar Alteração do sono: as causas Promover o sono
  • A necessidade de descansar
  • Perturbação do sono: as causas
  • Promover o sono

A necessidade de descansar

Descansar e dormir são atividades fundamentais para o bem-estar de cada pessoa. A qualidade de vida também depende de descanso adequado: a recuperação da força, a concentração, a sensação de bem-estar decorrente do sono são a base de uma vida saudável.

A necessidade de descansar e dormir deve ser apoiada, porque a ausência de descanso e sono pode dar origem a um grande número de distúrbios, como:

  • desaceleração ideo-motor;
  • dificuldade em memorizar e lembrar;
  • tendência a cometer erros;
  • depressão e exaustão de forças.

Consequentemente, para viver, o ser humano deve necessariamente dormir.

A insônia é um problema muito frequente, principalmente entre os idosos, e é caracterizada pelo conjunto de distúrbios que dificultam o processo normal do sono, com a impossibilidade de adormecer e despertar repetidos e matinais.

As causas da insônia são múltiplas e podem ser de natureza psicológica ou física. De qualquer forma, a qualidade de vida é muito empobrecida, o rendimento no trabalho diminui e a possibilidade de ocorrência de acidentes aumenta dramaticamente.

Geralmente, dois tipos de distúrbios do sono são distinguidos:

  • insônia primária;
  • insônia secundária.

A insônia primária não tem uma causa precisa, enquanto a insônia secundária é consequência de doenças de natureza psicológica ou física (insuficiência respiratória, dor crônica, etc.).

Alguns estudos mostraram que a insônia prolongada pode ser o alarme de uma possível depressão latente.

O sono e o descanso são duas atividades que têm alguns elementos em comum, mas que diferem na condição mental peculiar que produzem.

O descanso permite que o corpo recupere sua força e relaxe, mas é uma atividade que não envolve necessariamente o ato de dormir. Descansar significa relaxar, diminuir o grau de atenção, inativar algumas áreas do cérebro e ativar outras enquanto mantém o estado de vigília, ou seja, sem adormecer. Deitar no sofá lendo um livro ou ouvindo música é uma atividade repousante.

Por outro lado, o sono desliga a consciência do mundo externo e abre as portas de um "mundo interno".

Durante o sono, o cérebro desativa temporariamente alguns centros e ativa outros. Apenas para fins informativos, lembre-se de que o sono é caracterizado principalmente por duas fases: fase REM e fase não REM.

Na fase REM, caracterizada por movimentos oculares rápidos (sono), o sono assume características particulares: a atividade de sonhar (sonho) se torna predominante e a atividade circulatória e respiratória sofre alterações; essa fase ocorre 5 ou 6 vezes por noite.

Na fase não REM, o cérebro está menos estressado e o sono é mais regular. A fadiga pode impedir a pessoa de entrar na fase REM e, por esse motivo, os indivíduos que se cansam muito durante o dia relatam não se lembrar dos sonhos. Um adulto deve dormir cerca de oito horas por dia, os bebês podem dormir dezesseis, dezessete horas por dia.

Voltar ao menu